Comunicação

CONECTAS NA MÍDIA

Em 2015, Conectas manteve um volume similar de citações na imprensa em comparação com o ano anterior, com uma média de 9,7 citações diárias. Entretanto, nota-se uma maior regularidade da presença da organização nos meios de comunicação ao longo do ano (em 2014, houve claramente momentos de picos de cobertura, intercalados a períodos de baixa exposição). Outra diferença que mostra o fortalecimento do trabalho de divulgação junto aos meios de comunicação tradicionais foi a maior presença da Conectas nos cinco principais jornais impressos do país (Folha de S. Paulo, O Estado de S. Paulo, O Globo, Correio Braziliense e Valor Econômico). Foram 123 menções, em comparação com as 80 do ano anterior). Alguns destaques:

Durante 2015, a área de Comunicação também concentrou esforços na publicação de artigos de opinião, dado o importante papel deste tipo de publicação para fomentar uma opinião pública mais crítica e contribuir com nossas ações estratégicas de advocacy. Ao longo do ano, a Conectas publicou 30 artigos de opinião. Entre eles, destacam-se:

Estes dados mostram que Conectas consolidou sua imagem como fonte de referência e de credibilidade junto aos jornalistas, o que é essencial para levar suas mensagens, agenda e contrapontos sobre direitos humanos ao público brasileiro.

REDES SOCIAIS

Os canais online da Conectas também vêm se consolidando como importantes difusores de mensagens, de campanhas e de histórias que ajudam a construir um ambiente mais propício à promoção dos direitos humanos no Brasil junto à sociedade. Nesse âmbito, destaca-se um vertiginoso crescimento da Fanpage do Facebook da Conectas, que em 2015 apresentou um crescimento orgânico de quase 60%, com 8,9 mil novos seguidores.

CURSO de JORNALISMO E Direitos Humanos

Curso_DHeJor_01_720Em 2015, Conectas em parceria com OboréAbraji (Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo) e Sinpro-SP (Sindicato dos Professores de São Paulo) realizou a segunda edição do Curso de Informação sobre Jornalismo e Direitos Humanos. No total, foram 436 estudantes universitários inscritos de 19 estados brasileiros. Os candidatos representam mais de 21 cursos de quase 100 faculdades em todo o País.

Os 20 alunos selecionados participaram de palestras e entrevistas coletivas com especialistas ao longo dos meses de outubro e novembro de 2015. O curso alia a prática reflexiva da cobertura jornalística com o conhecimento teórico dos temas de direitos humanos abordados.